//
você está lendo...
Sem categoria

Evento “FEMINISMO(S) E A QUESTÃO CRIMINAL”

O Grupo Cabano de Criminologia lança o primeiro evento do semestre para debater criminologia crítica e a questão criminal. Dessa vez, o enfoque será dado aos feminismos sob o viés da criminologia, bem como às questões de violência de gênero, e temas transversais, como corporeidade, sexualidade e interseccionalidade, twp_ss_20160804_0002emas tão caros à sociedade.

O debate será aberto ao público e ocorrerá no dia 17 de agosto de 2016, a partir das 16:00, no Auditório Ney Sardinha (4º andar), do Cesupa Alcindo Cacela, entre José Malcher e Magalhães Barata, em Belém – PA.

Para quem desejar obter o certificado de participação e ter direito às horas complementares, será necessário o pagamento de uma taxa de R$-15,00 (quinze reais), o que poderá ser feito previamente, AQUI.

Para sanar dúvidas, entre em contato com os membros integrantes da organização, Emy Mafra (98268-2568) ou Vitória Monteiro (98282-3131), ou pelo e-mail criminologiacabana@gmail.com.

Contamos com sua participação!

Confira a nossa programação – serão compostas duas mesas de debate:

MESA I – ENFRENTANDO A VIOLÊNCIA DE GÊNERO (16:00 às 17:40)

Mediadora: TWIG LOPES

Mestranda em Direito pelo Programa de Pós-Graduação em Direito da Universidade Federal do Pará (PPGD/UFPA), com ênfase em Intervenção Penal, Segurança Pública e Direitos Humanos. Atualmente integra o Grupo de Pesquisa Questão Criminal: Sobre a Legitimidade e os Limites do Poder Punitivo (CNPq/PPGD/UFPA). Membra do Grupo Cabano de Criminologia. Advogada.

Debatedoras:

VITÓRIA MONTEIRO

Pós-graduanda lato sensu em Ciências Criminais pelo Centro Universitário do Pará (CESUPA). Membro do Grupo Cabano de Criminologia. Advogada.

CAMILLE CASTELO BRANCO

Mestranda em Antropologia pela Universidade Federal do Pará; Graduada em Ciências Sociais pela Universidade Federal do Pará (UFPA). Foi monitora da disciplina Antropologia Jurídica na Faculdade de Direito da UFPA (2013) e aluna especial do Programa de Pós-Graduação em Antropologia da UFPA (2013-2014). Atualmente é bolsista de Iniciação Científica do CNPq no Projeto “Pertenças ocultas e etnogêneses identitárias como faces de etnocídio cordial”; e integrante do Núcleo de Estudos Cidade, Aldeia e Patrimônio, ambos sob coordenação da Profa. Dra. Jane Felipe Beltrão.

ROBERTA DAMASCENO

É advogada; Membro da Comissão de direitos humanos da OAB, e faz parte da Assessoria Jurídica para Mulheres.

LÍVIA TEIXEIRA MOURA LOBO

Doutoranda no Programa de Pós-Gra
duação em Direito da Universidade Federal do Pará – PPGD/UFPA. Mestra em direito pelo PPGD/UFPA

 

MESA II – CRIMINOLOGIA CRÍTICA E FEMINISMO (18:00 às 20:00)

Mediadora: EMY MAFRA

Pós-graduanda lato sensu em Ciências Criminais pelo Centro Universitário do Pará (CESUPA). Membro do Grupo Cabano de Criminologia. Advogada.

LUANNA TOMAZ

É graduada em Ciências Sociais pela Universidade da Amazônia e em Direito pela Universidade Federal do Pará (UFPA), Mestre em Direito na Universidade Federal do Pará e Doutora pela Universidade de Coimbra – Portugal. É professora da UFPA. É pesquisadora do Grupo de Estudos sobre Mulher e Relações de Gênero Eneida de Moraes (GEPEM-UFPA). Coordena o Grupo de Estudos em Direito Penal e Democracia (UFPA) e o Núcleo de Estudos Interdisciplinares da Violência na Amazônia (NEIVA-UFPA). É conselheira do Conselho Estadual de Política Criminal e Penitenciária e do Conselho Penitenciário. É conselheira e presidente da Comissão de Direitos Humanos da OAB-PA. Integra a Comissão Nacional de Direitos Humanos da OAB e o Conselho Nacional de Drogas. Tem experiência na área de Direito Penal e Processo Penal, Criminologia, Sociologia Jurídica, Direitos Humanos e Grupos Vulneráveis, Segurança Pública.

TWIG LOPES

Mestranda em Direito pelo Programa de Pós-Graduação em Direito da Universidade Federal do Pará (PPGD/UFPA), com ênfase em Intervenção Penal, Segurança Pública e Direitos Humanos. Atualmente integra o Grupo de Pesquisa Questão Criminal: Sobre a Legitimidade e os Limites do Poder Punitivo (CNPq/PPGD/UFPA). Membra do Grupo Cabano de Criminologia. Advogada.

MAILÔ ANDRADE

Mestranda em Direito pelo Programa de Pós-Graduação em Direito da Universidade Federal do Pará (PPGD/UFPA). Advogada.

Anúncios

Discussão

Um comentário sobre “Evento “FEMINISMO(S) E A QUESTÃO CRIMINAL”

  1. Ótima iniciativa, adorei o tema do evento, em um período marcado por violações dos Direitos Humanos, sobretudo, no que concerne á questão de gênero, nada mais justo tratar desse tema.

    Curtir

    Publicado por sidnei araujo do espirito santo | 5 de agosto de 2016, 01:51

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias